EDUCAÇÃO E CULTURA

Nós acreditamos que a educação de qualidade é o mais eficiente mecanismo de inclusão social. Nesse sentido, 32% dos paulistanos acreditam que melhorar a infra estrutura de creches e escolas é prioritário para o bem estar de crianças e adolescentes.

É fundamental que nossas crianças adquiram senso de cidadania, tolerância e respeito. Não há desenvolvimento social, econômico, político sustentável sem educação de qualidade.

Nossa visão para São Paulo: (i) uma cidade com baixa evasão escolar, (ii) com educação pública de qualidade, (iii) estímulo da educação ambiental e cultura, (iv) integração de crianças vulneráveis tais como as que estão em situação de rua e imigrantes.


Nossas propostas para o tema Educação e Cultura são:

#1. Fiscalizar e auxiliar a educação de base como princípio fundamental para uma sociedade mais justa e sustentável, garantindo projetos que garantam a inclusão de crianças em situação de vulnerabilidade, tais como as que estão em situação de rua e imigrantes.

#2. Estimular e desburocratizar parcerias público privadas para a concessão de espaços ociosos em áreas periféricas para instituições que exerçam atividades culturais de modo a decentralizar o acesso a arte em especial as regiões periféricas.

#3. Propor e desenvolver projeto para oferecer à população educação e capacitação em produção audiovisual e cinema de modo a incentivar a produção de conteúdo cultural por jovens da periferia.

#4. Articular junto à Secretaria de Cultura a promoção da produção de artistas dos bairros do município bem como a contratação prioritária de artistas desses locais em eventos culturais ou comemorativos.

#5. Propor e desenvolver projetos de acesso por parte da população da periferia às produções artísticas e cinematográficas utilizando, para tal estruturas das escolas municipais.

#6. Propor projeto de lei para inserir na grade curricular do ensino fundamental matérias voltadas ao cinema e produção audiovisual bem como destinar recursos específicos para aquisição de equipamentos audiovisuais pelas escolas da rede de ensino municipal.

#7. Estimular a implementação da Lei nº 13.006/2014 que torna obrigatória a exibição de produções brasileiras como atividade complementar em escolas públicas de educação básica.

#8. Articular junto à Secretaria de Educação de modo que todas as escolas municipais tenham acesso aos programas de educação ambiental.