SUSTENTABILIDADE

  • 75% dos resíduos sólidos municipais são bens de consumo descartados;
  • Até 20% dos orçamentos municipais são gastos com gestão de resíduos;
  • 32% das embalagens plásticas acabam sendo despejadas fora dos sistemas de coleta de resíduos;
  • A cada ano, é gerada mundialmente uma quantidade de resíduos eletrônicos avaliada em US$ 107 bilhões, da qual somente 20% é coletada e reciclada sob condições apropriadas.

Por isso, temos como meta: uma cidade mais verde, que diminui a utilização de aterros e investe mais em sistemas de logística reversa, promovendo a conscientização dos 3R´s (reduzir, reutilizar e reciclar) e a geração de bioenergia.

A cidade aprovou recentemente o PL nº 295/2019 (Proposto pelo vereador Gilberto Natalini do Partido Verde) que prevê a Implementação da Logística Reversa.

Nossas propostas para o tema Sustentabilidade são:

# 1. Propor verba específica para a implementação da Lei da Logística Reversa na LOA durante o mandato.

#2. Propor o percentual de 1% do orçamento municipal destinado à Secretaria do Verde e Meio Ambiente, com destinação de mais verbas para a área ambiental do Município de São Paulo, bem como valorizar os profissionais vinculados as Secretarias da Saúde e do Verde – atualmente o orçamento é de 0,37%.

#3. Propor projeto de lei para implementar a coleta seletiva para todas as regiões da cidade de São Paulo, com aumento do número de ecopontos, sites de compostagem juntamente a um programa de educação ambiental utilizando as verbas da secretaria do verde e meio ambiente e do desenvolvimento urbano. Criar projetos específicos para coleta de atividades empresariais como a construção civil.

# 4. Propor projeto de lei regulamentando parcerias entre as subprefeituras e associações/coletivos dos bairros para a criação de hortas urbanas, praças ou ações de reflorestamento em espaços públicos ociosos.

# 5. Permissão de aumento de área construída não onerosa em edifícios que utilizarem conceitos e técnicas sustentáveis, soluções de conforto ambiental energeticamente eficientes, utilização de painéis solares para aquecimento de água, painéis fotovoltaicos para geração de energia e água de reuso.